+55 61 3442-8142 / 9 8435-9865 contato@artederme.com.br

Brasília é famosa por apresentar um período bem definido de seca, o qual dura de maio a setembro. Seus moradores sofrem com o longo período de estiagem, caracterizado pela baixa umidade e pelas altas temperaturas registradas. O clima fica tão quente e seco que chega a registrar até 10% de umidade relativa do ar, nível comparável ao deserto do Saara. Segundo a OMS, um nível considerado aceitável deve estar acima dos 30%.

Dois grupos merecem atenção especial: crianças e idosos. Ambos podem ser acometidos por doenças cutâneas específicas, denominadas dermatite atópica e dermatite asteatósica (eczemas), as quais pioram com a chegada da seca. Causam coceira, irritações, placas avermelhadas e aumento da susceptibilidade da pele a infecções cutâneas, devido a perda da barreira cutânea.

Cuidados com a pele

Nessa época do ano, são necessários cuidados especiais com a pele, para que evitemos o ressecamento excessivo:

  • banhos prolongados com água quente e o uso excessivo de sabonetes devem ser evitados para não eliminar a oleosidade natural da pele;
  • evitar esfoliações da pele para não sensibilizá-la;
  • aplicar creme hidratante hipoalergênico, em abundância, nos 3 minutos seguintes ao final do banho para aumentar a hidratação e melhorar a função barreira da pele;
  • evitar cremes com ureia ou lactato de amônio, se a pele estiver irritada;
  • utilizar sabonetes em barra ou sabonetes líquidos com baixa ação detergente, para manter a função barreira da pele;
  • reforçar o uso de protetor solar, sendo que a exposição solar deve ser em horários recomendados (até as 10 horas e depois das 16 horas). Devem-se usar roupas leves e claras e, de preferência, que as pessoas fiquem em locais protegidos do sol e em áreas com vegetação.

Caso, esses procedimentos sejam utilizados, mas há prurido intenso, especialmente em crianças, ou presença de infecções cutâneas que necessitem antibióticos tópicos ou orais, deve-se procurar o dermatologista para que o tratamento adequado seja instituído imediatamente.

Quais outros procedimentos devo tomar?

A Defesa Civil tem realizado constantes alertas à população do Plano Piloto e das regiões administrativas quanto aos procedimentos que todos devem ser tomados quando a cidade atinge esses altos picos de calor.

    •    Cuidados com alimentação
Tenha atenção e cuidado redobrados com alimentação que propicie nutrientes adequados ao corpo, como saladas e frutas. Abacaxi, melão, melancia são ótimos hidratantes naturais.
Tome água constantemente; ficar com a boca seca pode ser um alerta de desidratação. É importante frisar que certos tipos de bebidas, como chá, refrigerante ou café não são benéficos ao corpo em grandes quantidades, pois são diuréticas e podem piorar a desidratação.

    •    Umidificadores
Os umidificadores já são presença constante na casa dos brasilienses. Eles ajudam a melhorar a umidade dentro do ambiente, mas cuidado: seu uso deve ser restrito a um período de 3 a 4 horas. Desligue o aparelho antes de dormir, pois se o espaço tiver almofadas e cortinas, pode propiciar o surgimento de fungos.
Esses cuidados básicos podem amenizar os efeitos de secura e garantir mais um semestre sem problemas de saúde.